Como Rebocar Parede? Passo a Passo

Dentre inúmeros serviços caseiros que podemos fazer, rebocar uma parede está na lista. Neste artigo, você vai aprender a como rebocar parede de um jeito simples, prático e rápido. Sendo assim, você mesmo poderá finalizar aquela parede que está por fazer. Afinal, uma economia com mão de obra no fim do mês é sempre interessante, não é?

 

como rebocar parede

 

Como rebocar parede?

Antes de qualquer coisa, é necessário você entender que qualquer um pode fazer este serviço. Por mais que você não tenha experiência nenhuma com trabalhos assim, você pode sim tentar. Entretanto, você precisará se esforçar para fazer da maneira correta.

Antes mesmo de iniciar o trabalho, você precisa fazer uma lista de materiais necessários para sua obra. Sendo assim, compre tudo primeiro para, somente depois, iniciar de fato. Afinal de contas, queremos que você aprenda do jeito certo como rebocar parede. Acompanhe.

Materiais necessários

Agora que você já criou motivação suficiente para fazer você mesmo o reboco na sua parede e economizar com mão de obra, está na hora de separar os materiais necessários para o processo correto. Pegue caneta e papel para anotar tudo, pois cada item é fundamental. Você precisará de:

  • Cimento
  • Areia
  • Peneira
  • Carrinho de mão
  • Água
  • Enxada
  • Colher de pedreiro
  • Prumo
  • Régua
  • Desempenadeira
  • Desempenadeira com espuma
  • Trena

1- Preparando a massa

Materiais comprados e devidamente disponíveis, é hora de começar a preparar o projeto. Não pense que é somente misturar cimento com água, jogar na parede e alisar. Não mesmo. Mas sim, pode ter certeza que não será um bicho de sete cabeças este processo. Acompanhe como preparar a massa correta para entender como rebocar parede.

Quantidade

A primeira coisa a entender, é a quantidade de cimento que você precisará para preparar a massa. O ideal, é 3 carrinhos de mão de areia para 1 saco de cimento.

Peneirando a areia

Antes de mais nada, você deverá peneirar a areia. Hoje em dia, já consegue-se comprar areias prontas para o reboco. Mas, o ideal é que você mesmo faça a peneiração dela. Afinal de contas, não queremos um reboco mal feito. E, caso tenha qualquer pedrinha ou imperfeição na areia, o serviço pode ficar comprometido.

Entretanto, este é um trabalho pesado que pode levar tempo. Coloque pouca areia por vez na peneira, para você não cansar logo no início. O importante é, aos poucos, ir separando o que é impureza da areia fina. Quanto mais fina a areia, melhor e mais liso seu reboco ficará.

Misturando a massa

Agora que a areia está pronta, toda peneirada e fina, é hora de iniciar o preparo da massa. Para isso, você pode usar um recipiente, que é o mais indicado, ou pode fazer no chão usando uma lona. Se fizer no chão, cuidado com as sujidades para não comprometer a massa.

 

 

Assim sendo, misture um saco de cimento com três carrinhos de mão de areia. A areia ajudará a dar volume a massa, além de ajudar na economia com a compra de cimento. Vá colocando água aos poucos e mexendo com a enxada. Porém, é importante tomar alguns cuidados na hora de preparar a massa.

Um deles, é ir fazendo de pouco em pouco. Ou seja, misture água apenas em parte da massa. Pois você não sabe o tempo que levará para rebocar a primeira parte. E, pode ser que se levar muito tempo, você perca a massa já feita. Sendo assim, comece com pouco e vá fazendo o restante.

2- Medindo a espessura do reboco

De nada adianta iniciar o trabalho, se não sabemos exatamente as medidas que iremos fazê-lo, não é mesmo? Sendo assim, a primeira coisa que você fará após a massa pronta, é medir a espessura do reboco. Geralmente, 2 centímetros será o suficiente.

Leve em consideração que você está aprendendo como rebocar parede e, quanto melhor interpretar as medidas e souber as quantidades corretas, melhor. Assim sendo, para tirar a espessura do reboco, você pode utilizar um pedaço piso. Com um pouco de massa, cole um pedaço na parte superior da parede e outro na parte inferior usando a massa que você já fez.

Com uma trena, você poderá tirar a medida da altura da massa. Deixe com os 2 centímetros recomendados e repita o processo nos dois pedaços de piso que você assentou. Após isso, você precisará do prumo para ver se ambos estão rentes, ou seja, se os dois pisos estão retos e na mesma medida.

Coloque o prumo na parte superior e deixe-o pendurado com o peso encostado na parte inferior. O segredo é não deixar 100% encostado e nem um vão muito grande. Um espaço de meio milímetro entre o peso e o piso será suficiente para entender que os dois pisos estão na mesma medida e o reboco será colocado corretamente.

Feito isso, jogue massa entre as dois pisos: superior e inferior. Você criará uma espécie de ripa na parte central (uma espécie de filete de cimento que servirá de “base” para a espessura e alinhamento do restante) da parede a ser rebocada. Espere secar um pouco e, com a régua, remova o excesso de massa dessa ripa, até ela ficar na altura de 2 centímetros, conforme a medida que você tirou com o prumo. Pronto, agora você tem uma base feita para iniciar o reboco do restante da parede.

3- É hora de colocar a massa na parede

Massa pronta e devidamente mexida, é hora de iniciar a colocação dela na parede. Para fazer isso, basta usar a colher de pedreiro e, de pouco em pouco, ir jogando a massa com força na parede. Use força suficiente para a massa ficar colada. Força demais, ela poderá se espalhar e não ficar do jeito correto. Vá medindo a força até encontrar a ideal.

Sendo assim, vá preenchendo o espaço que você mediu usando um pedaço de piso na mesma altura. Conforme a massa vai sendo colada na parede, você pode ir alisando provisoriamente com a colher de pedreiro. Entretanto, este não será o acabamento do reboco. Acompanhe o artigo para entender como finalizar o processo e entender como rebocar parede.

 

 

4- Retirando os excessos de massa

Após a colocação da massa com a colher de pedreiro, é hora de começar a retirada do excesso. Sendo assim, pegue novamente a régua para este processo. Porém, é importante levar em consideração que a massa precisa de um tempo mínimo para absorver na parede. Cerca de 1 hora será suficiente. Pois, caso você cole a massa e logo em seguida remova o excesso, o processo não funcionará.

Sendo assim, basta ir removendo aos poucos na mesma medida da ripa que você mediu anteriormente. Você notará que a parede começará a ganhar forma. Entretanto, este ainda não é o processo final. Assim que remover todo o excesso, basta preencher possíveis falhas que forem ficando, com a ponta da colher de pedreiro. Pois, com o acabamento feito, estas falhas serão perceptíveis.

5- Finalização

É hora de finalizar o reboco. Após o excesso de massa todo retirado, você precisará do auxílio de uma desempenadeira para o serviço de alisamento. Vá fazendo movimentos circulares até a massa criar um aspecto liso. Cuidado com a força, pois você poderá criar “barrigas” no reboco.

Após este processo, você deverá utilizar uma desempenadeira com uma espuma. Umedeça a espuma com um pouco de água e comece a repetir os mesmos movimentos circulares. Este é o processo final de alisamento e, neste momento, você verá o reboco ficando pronto. Sendo assim, você deve fazer este processo em toda área rebocada e seu trabalho estará concluído. Aproveite as dicas do Tudo Construção e mãos à obra.

No Responses

Add Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.