Home Staging – O Que é, Características e Como Fazer

Se você está pensando em vender ou alugar a sua casa, certamente alguém já deve ter lhe falado sobre o tal home staging, não é? Mas, você sabe do que se trata este termo, realmente? Ou então, como aderir a este movimento para garantir que a sua casa seja realmente vendida ou alugada o mais breve possível?

Pois bem, se sua resposta for não para qualquer um dos nossos questionamentos, não se preocupe! Preparamos um guia completo com tudo o que você precisa saber sobre para não ter erro na hora de preparar a sua casa para potenciais compradores. Desse modo, acompanhe a seguir o nosso artigo e aprenda a vender a sua casa da melhor forma possível.

 

(Foto: Pinterest)

 

O que é home staging?

Em linhas gerais, o home staging nada mais é do que uma forma de “preparar” a sua casa para a visita de potenciais compradores. Isto é, você deixará o seu lar muito mais aconchegante, bonito e atrativo para que quem tem interesse em comprá-lo perca todas as dúvidas e feche um bom contrato com você.

Ou seja, você fará uma espécie de preparação da casa para que ela se torne ainda mais bonita, aconchegante e atraente para quem está pensando em adquiri-la. Logo, você terá muito mais chance de vender ou alugar ela mais rapidamente, poupando tempo e dedicação em busca de potenciais compradores.

Características do home staging

Algumas características do home staging precisam ser bem pensadas para que haja um ótimo resultado na sua venda. Para isso, listamos os pontos mais importantes que você precisa considerar na hora de dar aquela repaginada no ambiente:

Cores claras

O primeiro passo sempre é investir em pequenos reparos, como rebocar uma parte que possa estar desgastada, ou trocar o piso do banheiro. Nesta mesma linha, nos deparamos com um fator imprescindível: a pintura.

A pintura é quem trará aquela sensação de ambiente recém construído, e, dependendo do tipo de tinta, poderá deixar o ambiente com um aroma ainda mais interessante. Desse modo, se você está pensando em vender ou alugar a sua casa, é muito importante que você pinte todos os ambientes.

E, do mesmo modo, é muito importante que você invista em cores claras e suaves. Não precisa necessariamente pintar a sua casa inteira de branco, mas pode investir em tons pasteis suaves.

Afinal, a gente sabe o quanto as cores mais delicadas são capazes de nos fazer sentirmos em casa, não é mesmo? Elas transparecem tranquilidade, aconchego e paz. E tudo o que um comprador quer para a sua casa nova é que a mesma seja tranquila e transpareça paz, não é mesmo?

Organização

Quando você vai a uma loja e se depara com prateleiras empoeiradas, ou cheia de produtos sem critério algum, o que lhe vem à mente? Bem, acredito que certo desconforto e até mesmo desconfiança para adquirir algum item da loja, não é? Pois é exatamente assim que funciona no mercado imobiliário.

Se você deixar a sua casa bagunçada, empoeirada ou com acúmulo de materiais, qual será a reação das pessoas ao visitá-la? Certamente ficaram com “um pé atrás” na hora de comprar. É por isso que a organização é o segundo ponto mais importante do home staging.

Você precisa, necessariamente, “dar um fim” em toda a bagunça do seu lar. E isso vale até mesmo para os armários, ok? Principalmente se você pretende vender ou alugar a sua casa mantendo alguns móveis embutidos ou sob medida no local.

 

(Foto: Pinterest)

 

Portanto, capriche na organização! Faça aquela limpa e deixe o ambiente o mais clean possível. Evite deixar o pó acumular sobre os móveis ou até mesmo no chão. Sempre que tiver hora marcada com um potencial comprador, passe aquele paninho seco em todo o ambiente. Assim você garante aconchego e bem estar desde o primeiro contato do comprador com a sua casa.

Boa iluminação

A terceira regra é, portanto, investir em uma iluminação consistente e satisfatória para o seu lar. Para isso, os plafons surgem como uma alternativa completa e interessante. A iluminação é quem irá garantir que cada detalhe da sua casa seja enxergado da maneira que precisa ser. Além de, obviamente, a iluminação ser responsável pelo convite do ambiente se tornar um lar.

Portanto, enquanto a sua casa estiver recebendo visitas, invista em cortinas de voal branca, por exemplo, para deixar a luz do dia entrar com mais facilidade. Para visitar mais no fim da tarde, invista em abajures e outras luzes estratégicas que valorizem cada cantinho da casa. Mas, sem exagerar, ok? Luz em excesso pode apenas causar dor de cabeça e desconforto visual. Afinal, tudo é uma questão de equilíbrio!

A despersonalização

De modo geral, a palavra “despersonalização” pode soar como algo rude ou sem conteúdo. Afinal, esta palavra significa tirar a personalidade de algo. E é exatamente isso que você irá fazer com a sua casa que está à venda.

É claro que isso não significa que você deixará o seu lar vazio, sem atrativo algum e sem característica alguma. Não mesmo! Mas sim, que você deixará o ambiente mais com uma personalidade própria. Ou seja, você irá retirar tudo que remete a sua família, por exemplo. Deixando o ambiente o mais, digamos, “neutro” possível.

Assim, quando alguém vier visitar o ambiente não se sentirá invasivo quanto à casa de alguém. E, além disso, terá a liberdade visual de pensar nos pontos em que quer mudar de acordo com o seu gosto pessoal.

 

(Foto: Pinterest)

 

Afinal, se a pessoa entrar no ambiente e se deparar com frases de uma série que ela odeia, será que psicologicamente ela se sentirá confortável para pensar em uma decoração que seja a cara dela? Pois é! É preciso pensar neste detalhe para tornar a casa mais convidativa possível.

Como fazer o home staging?

Agora que você já conhece as maiores características e “regras” do home staging, é hora de aprender a colocar a mão na massa e garantir que o movimento faça parte da sua casa, certo? Para isso, se atente as nossas dicas que trouxemos abaixo e garanta uma boa venda para a sua casa:

No quarto

Se você ainda estiver morando na casa que está à venda, terá que dar um jeitinho de esconder toda a bagunça do quarto, certo? E não estamos falando apenas de entulhar em gavetas ou armários, ok? Principalmente se estes móveis permanecerão no ambiente.

Portanto, invista em roupas de cama clara e mantenha a cortina sempre entreaberta. Além disso, guarde todos os pertences que possam carregar o seu quarto com características muito pessoais. Isto é, você necessariamente precisa retirar quadros, pôsteres e porta retrato que remeta a coisas pessoais suas. Deixe o ambiente bem arejado, e invista no mínimo possível de itens sobre os móveis.

 

(Foto: Pinterest)

 

Vale deixar o seu notebook, um porta copos, um vaso com flor e abajures em pontos característicos. Uma poltrona com almofadas também tornará o ambiente mais convidativo.

Na sala

A sala precisa ser o ambiente com mais características de conforto da sua casa. Para isso, não hesite em atribuir ao seu sofá belas e macias almofadas. Sem deixar de lado as cores neutras que manterão o ambiente sempre em equilíbrio, ok?

Além disso, mantas também podem complementar o ambiente, trazendo conforto tanto ao tato quanto a visão em si. O tapete pode ser felpudo, desde que discreto. Neste ponto é importante que, de alguma forma, você permita que o potencial comprador caminhe descalço pelo ambiente, para que sinta a harmonia do lar como um todo.

Os quadros precisam ser apenas decorativos, e que não remetam a nenhum tipo de característica familiar, como fotos ou séries. É importante sempre se atentar que a decoração não pode lembrar que uma família de traços específicos morou ali.

Na cozinha

A cozinha precisa transparecer o ambiente mais clean da casa. Cores como branco e cinza entram como uma boa pedida. A decoração precisa ser sutil e sem exageros. Por exemplo, nada de infestar a geladeiras com diversos imãs e enfeites, ok? Claro que você pode colocar algo para “quebrar” o gelo provocado pelo branco em excesso. Mas, nem por isso você deve investir em exageros.

O tapete da cozinha pode ser em tonalidades como bege e amarelo escuro, trazendo uma simplicidade para o ambiente. As janelas precisam sempre estar bem abertas para que seja notada a circulação de ar (importante fragmento) neste ambiente.

Além disso, você deverá manter todos os armários bem limpos e super organizados, pois independente dos armários permanecerem ou não no ambiente, certamente os potenciais compradores se sentirão convidados a dar aquela espiadinha. Portanto, aqui remetemos a regra da organização, ok?

 

(Foto: Pinterest)

 

Agora é com você

Agora que você já aprendeu tudo sobre home staging, é hora de pôr a mão na massa e investir naqueles detalhes que deixarão a sua casa “no ponto” de venda. Assim você terá aquele contrato que deseja e de modo mais rápido, graças a essa técnica que lhe proporcionou uma visão diferente sobre o seu lar. Depois é só contar pra gente como tem sido o processo de venda e como foi a sua experiência. Aguardamos o seu comentário e boas vendas!

Add Comment