Traço para Reboco | Como Fazer | Parede Interna e Parede Externa

O traço para reboco é de extrema importância para um revestimento de qualidade e bem feito. No entanto, alguns critérios precisam ser enxergados antes mesmo de iniciar a obra. Afinal, caso algo saia errado no meio do caminho, o resultado final poderá ser comprometido. Assim sendo, acompanhe o texto e aprenda como você pode fazer o traço em paredes internas quanto externas.

Traço para reboco

Antes de mais nada, precisamos entender o que é de fato o traço para reboco. Esta é a etapa inicial do processo de acabamento mais comum que conhecemos na construção civil. Ou seja, a massa que servirá para revestir tanto paredes externas de uma casa, quanto as paredes internas. Desta forma, este é um material que ficará exposto a diversas situações de clima e tempo, precisando de um certo equilíbrio para não apodrecer.

Assim sendo, os materiais corretos precisam ser utilizados e nas quantidades certas. Isto quer dizer que você precisará tirar algumas medidas e comprar o material necessário para conseguir ter sucesso na sua obra. Continue lendo para entender o passo a passo de como fazer traço para reboco.

 

traço para reboco

 

Tirando as medidas das paredes

Antes mesmo de comprar os materiais necessários, você precisará medir a parede que você está querendo finalizar com o traço para reboco. Esta é uma forma de garantir que você compre material suficiente e, ao mesmo tempo, não sobre. Para isso, tire as medidas quadradas da parede. Você pode fazer isso usando uma trena, medindo a altura e a largura. Depois, basta multiplicar um número pelo outro e você terá a metragem quadrada da área.

Esta informação será muito útil para a loja de materiais de construção. Além de que você irá otimizar recursos financeiros, comprando somente o que for necessário. Depois que todos os materiais chegarem na obra, basta seguir o passo a passo a seguir.

Como fazer traço para reboco

O primeiro passo para fazer traço para reboco, é entender onde o revestimento será aplicado. Como mencionamos anteriormente, você precisará fazer uma massa para paredes externas e outra massa para paredes internas. A ação do tempo, principalmente, é o principal fator que faz com que você deva se preocupar com o tipo de massa.

Para paredes internas, por exemplo, você poderá fazer uma massa mais simplificada. Já para paredes externas, recomenda-se a compra de tipos de cimento que sejam adequados para regiões mais sensíveis. Além de que a quantidade de areia para áreas externas é menor, predominando o cimento. Depois de ter em mãos os materiais corretos, é hora de colocar a mão na massa.

  1. Separe o cimento comprado e pense onde você irá iniciar o trabalho;
  2. Leia a embalagem da marca de cimento e veja qual é a recomendação de areia para a mistura;
  3. Um fator importante, é escolher uma areia que seja lavada e fina (nível de finura entre 2 e 3);
  4. Acrescente cal para deixar o cimento mais maleável e com menos chances de rachaduras;
  5. Acrescente água aos poucos e vá misturando tudo até formar uma massa homogênea nem muito mole, nem muito grossa. Precisa ser o suficiente para grudar na parede e não cair. Faça um teste jogando na parede um pouco de massa para sentir se ela está na medida.

 

traço para reboco

 

Após este processo de preparação, basta iniciar o reboco de parede. Este é um trabalho que pode demorar, dependendo do seu nível de agilidade. Ou seja, separe um tempo para fazer um pedaço de cada vez, sem querer terminar tudo em um dia. Esta é uma forma de fazer um trabalho de qualidade e sem precipitações.

Etapas para o processo correto

Para rebocar uma parede, uma série de processos precisam ser levados em consideração. Há pedreiros que simplesmente descartam algumas etapas, o que é extremamente errado e maléfico para a obra. O reboco é a última etapa de um processo profissional de acabamento. Desta forma, é preciso atentar-se para as necessidades abaixo.

Primeiro faça o chapisco

O chapisco é o primeiro passo para rebocar uma parede. Você precisará criar uma massa com areia um pouco mais grossa e jogar na parede de tijolo cru. Este recurso será extremamente útil para a correta fixação das outras massas, uma vez que o tijolo pode não possuir a aderência necessária para um reboco liso.

Depois faça o emboço

Após o chapisco estar pronto, você precisará aplicar o emboço. Esta etapa da obra servirá para isolar as paredes (tanto externas quanto internas) de forma térmica e acústica. Ou seja, caso você preze por uma casa com um conforto extra, o emboço irá proporcionar isso, visto que esta é uma camada de cimento que é colocada por cima do chapisco.

Por último faça o reboco

E por último fica o famigerado reboco. Esta é uma etapa de acabamento fino e, por isso, precisa de atenção na hora da finalização. O segredo é manter uma parede extremamente lisa para que a pintura posterior não tenha nenhum tipo de falha ou ranhura provocada por alguma areia fora do padrão.

 

traço para reboco

 

Conte com ajuda profissional

Entender como fazer traço para reboco é essencial para quem busca realizar um serviço profissional. Fazer a massa corretamente é fundamental para não ocorrer problemas futuros. Como mencionado, cada marca de cimento será única e específica para uma finalidade. Encontre a que mais for viável para sua obra e execute o trabalho.

Entretanto, é importante destacar que a ajuda de um profissional da área é sempre indicada. Se você conhece algum engenheiro ou pedreiro, questione-os sobre as melhores maneiras de realizar os seus objetivos e ter ainda mais sucesso. Boa sorte!

Add Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.