Sapata corrida vantagens e desvantagens – Veja agora!

Sapata corrida vantagens e desvantagens. Aqui neste artigo você vai entender quais os pontos positivos e negativos de usar esse tipo de fundação na sua construção, por isso, se o assunto é do seu interesse, continue a leitura e descubra.

A sapata corrida é um tipo de fundação usada para suportar cargas de “elementos contínuos”, ou seja, muros, paredes, fundação para casa de madeira e demais estruturas alongadas.

Sua estrutura consiste em uma fundação rasa, onde a escavação não exige uso de maquinário, podendo até ser construída manualmente. Sendo assim, existem várias razões para o profissional apostar na sapata corrida, com vantagens que melhoram as estruturas. Mas também, a sapata corrida possui algumas desvantagens como a necessidade de vigas que podem custar mais a obra, além de outros fatores a considerar.

Sapata corrida vantagens e desvantagens – Conheça quais são

Sapata corrida vantagens e desvantagens

Ideais para utilizar na fundação de construção de muros, paredes, reservatórios de piscina e casas com vãos menores, a sapata corrida tem suas vantagens e desvantagens.

Construída em uma estrutura contínua de concreto armado ou de forma simples com canaletas e solocimento, a sapata corrida fica abaixo das paredes, distribuindo todo o peso da construção com o solo, através de materiais como estruturas de aço gaiola ou radier.

Quer saber se vale a pena ou não usar a sapata corrida na sua obra? Então não deixe de conferir os próximos tópicos.

Vantagens da sapata corrida na fundação

Existem várias razões para o profissional investir nas sapatas corridas em sua obra, entre elas estão que as estruturas proporcionam um resultado eficiente e positivo para a construção, pois a fundação é construída com materiais direto no solo, na parte interna da escavação.

Nas fundações mais rasas, as sapatas corridas têm suas vantagens de suportar mais peso, proporcionando mais segurança e alta proteção para a construção, e consequentemente no resultado final para os moradores.

Uma das principais vantagens das sapatas corridas no projeto da construção é sua versatilidade, usada em obras de pequeno porte, como as casas de baixa altura, galpões pequenos, piscinas, casas de madeira e muros de divisa.

A execução simples e rápida da obra também é um ponto a se considerar, já que o processo de construção exige apenas 4 passos, como: escavação, posicionamento da armação do aço, uso da caixaria e concretagem.

Outra vantagem é a possibilidade de construir a sapata corrida sem usar ferramentas ou peças específicas no canteiro de obras, inclusive, você não vai precisar de maquinário para execução, como perfuradores de solo ou mini escavadeira.

No caso de construções mais simples, as sapatas corridas são investimentos de baixo custo, visto que se utiliza menos concreto e pouco tempo com a escavação.

Mas esse fator positivo vai depender da amplitude do projeto, pois ela vai correr de forma contínua a extensão da parede, e em alguns casos, não vai precisar de vigas ou pilares para suportar o peso do telhado e parede, como por exemplo, em estruturas para piscinas.

Uma dica para sua obra com sapatas corridas, é utilizar tijolo maciço para construção da alvenaria. Inclusive, o uso de forro de gesso, amarrações entre as paredes em formato de “L” ou “T” e lambril, principalmente, quando tiver vãos.

Para os terrenos com baixa resistência, será vantajoso o uso da sapata corrida, já que a estrutura percorre todo o comprimento da parede, podendo ser construída sem adição de vigas e paredes, como no caso das casas de madeira.

Sapata corrida vantagens e desvantagens

Desvantagens da sapata corrida

Uma das desvantagens de usar a sapata corrida no canteiro de obras é que em alguns casos, ela não é adequada para o tipo de construção.
Por exemplo, em casos de uma construção mais pesada, onde a estrutura receberá uma grande interferência de lajes, por exemplo, esse tipo de sapata não é indicada.

Quando a obra precisa de vigas para sustentação, a escolha pela sapata corrida pode ter desvantagens, já que o valor da construção pode ser mais caro por conta dos fatores de uso de baldrames e colunas para garantir a boa distribuição de peso das estruturas, como no caso de telhados, paredes e da lajes.

Como fazer uma sapata corrida?

Se você, depois de ler sobre a sapata corrida vantagens e desvantagens, decidiu usar esse recurso, veja aqui o passo a passo para fazer a fundação no canteiro da sua obra.

Fazendo a escavação

Como a sapata corrida fica embaixo da alvenaria, verifique se as escavações foram realizadas adequadamente nas futuras construções de muros e paredes, analisando também, as medições do projeto.

O fundo precisa ser compactuado e com 5cm de concreto magro, ou seja, com baixo teor de água e cimento. Outra dica é usar brita molhada e compactuada ao invés do concreto magro nesse processo de escavação.

Essa camada de brita ou concreto magro é importante para isolar e nivelar a área para a estrutura de aço do solo.

Posicionando a armação de aço

A armação de aço não deve ter contato direto com o solo, por isso, use espaçadores para isolar o aço e prevenir que a estrutura se mova durante a concretagem.

Priorize as armações de aço posicionando com os ferros para cima, depois posicione as colunas de aço do pilarete ou arranques no centro da coluna, sem contato direto com o solo.

Sapata corrida vantagens e desvantagens

Montando a caixaria

Observe se o terreno está abaixo do nível da rua, sendo necessário montar a caixaria com tábuas de madeira para o formato das sapatas. Essas tábuas precisam estar firmes e bem alinhadas para não ocorrer o vazamento do concreto, por isso, use parafusos borboletas ou arame para amarrar.

Finalizando com a concretagem

Depois da montagem da caixaria é adicionado o concreto na sapata corrida, que pode ser comprado pronto ou pode ser produzida a mistura no próprio canteiro de obra.

A concretagem precisa ficar pastosa e homogênea. Após 5 dias para a secagem, note se a estrutura não possui vãos que permitam a visibilidade das armações de aço.

Siga todos os passos. E para proteger a fundação, inclusive a alvenaria, aplique impermeabilizantes, evitando infiltrações e umidade na estrutura. O tipo de fundação de sapata corrida possui suas vantagens e desvantagens, por isso, você precisa considerar todos os pontos mencionados aqui e veja se essa opção compreende o seu projeto de construção.

Leia também:

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.