Sinteco: O Que é e Como Funciona? Aprenda a Aplicar

Quando falamos de reforma ou casa nova, estamos sempre pensando em novas possibilidades e, entre elas, encontramos o sinteco, por exemplo. Mas, você sabe realmente como funciona a aplicação deste produto? E qual o seu efeito na decoração do seu ambiente?

Por essas questões é que preparamos o artigo de hoje. Afinal, conhecer novas possibilidades é sempre interessante quando estamos tratando de um ambiente novo ou repaginado. Desse modo, acompanhe o nosso artigo e tire todas as suas dúvidas acerca do assunto, e mude hoje mesmo aquele ambiente na sua casa que precisa de uma cara nova!

O que é sinteco?

O sinteco nada mais é do que um tipo de resina ou verniz, super fino que é aplicado diretamente no chão da sua casa. Feito à base de formol, acrílica e água, essa camada fina proporciona um acabamento incomparável a qualquer ambiente.

É um tipo de procedimento que proporciona um revestimento para pisos de madeira, podendo desencadear o efeito que melhor combinar com o seu ambiente. Afinal, ele pode ser acetinado, super brilhante, fosco ou semi brilho. Podendo, desse modo, iluminar, equilibrar ou dar um toque mais sutil a sua decoração.

A aplicação é capaz de deixar qualquer piso com cara de novo, perfeito para locais onde há muita circulação de pessoas. Como por exemplo, em igrejas e escolas, onde a cera de assoalho não seria o suficiente para manter a beleza do piso.

Porém, vale fazermos um adendo importante: o sinteco não se trata de um tipo de impermeabilizante, ele é apenas um acabamento brilhante (ou não) que vem para selar levemente o piso, a fim de embelezá-lo e, digamos, “rejuvenescê-lo”. Ou seja, ele não tem o objetivo de tratar ou proteger a madeira, ele serve apenas como uma “máscara” ou “maquiagem”, que garante beleza e limpeza.

 

(Foto: Pinterest)

 

Como funciona o sinteco?

Como mencionamos, o sinteco funciona como um tipo de maquiagem para os pisos de madeira, proporcionando um acabamento bonito, que dá uma “cara nova” ao ambiente. A sua durabilidade é de cerca de 8 anos, e, ao longo de todos esses anos, o piso mantém-se com uma aparência impecável e muito bonita.

Além de ser embelezador, ele ainda irá proteger o seu piso de madeira contra pragas, como os cupins. E ainda evita a proliferação de fungos, já que proporciona uma selagem seca ao piso.

Funciona como uma camada transparente capaz de revestir o piso, deixando-o, obviamente, mais resistente do que os pisos sem o sinteco. Mas como mencionamos, ele não irá impermeabilizar! Ele irá sim deixar mais resistente e livre de pragas, mas a principal função da sua aplicação sempre será a de embelezamento do ambiente.

Vantagens e desvantagens do sinteco

É claro que, para saber como um tipo de produto funciona de fato, é necessário considerarmos as vantagens e desvantagens do mesmo. E, se tratando do sinteco, as vantagens são:

  • Protege os pisos de madeira contra fungos e cupis;
  • A durabilidade é imensa, principalmente quando comparamos com outras possibilidades;
  • Proporciona resistência ao piso;
  • Dá uma “cara nova” ao ambiente, sem a necessidade de reformas maiores;
  • A limpeza é simples e rápida: um pano semi úmido é o suficiente.

Quanto às desvantagens:

  • Há a necessidade de fazer a raspagem para aplicar o material;
  • Requer mão de obra mais cara, já que há a necessidade de capacitação específica para a aplicação perfeita;
  • Não é possível limpar com água, já que a secagem pode demorar muito tempo.

É claro que, reconhecer esses pontos é importante para a tomada de decisão consciente. No entanto, é notável também que as vantagens são maiores que as desvantagens, já que a segunda apenas requer cuidados específicos para manter a funcionalidade e beleza do material.

Como aplicar sinteco

Se você é do tipo que gosta de se engajar em algo diferente, e põe a mão na massa em qualquer reforma da sua casa, então é hora de aprender a como aplicar sinteco! Afinal, é crucial considerar cada passo, para um resultado satisfatório. Desse modo, acompanhe o nosso tutorial e vamos lá:

 

(Foto: Pinterest)

 

Primeiro passo – raspagem do piso

Antes de sair aplicando a demão de sinteco, é imprescindível que seja feita uma boa raspagem no piso. Assim, você poderá retirar todas as irregularidades do assoalho, a fim de deixá-lo pronto para a aplicação.

Para isso, você precisará de um raspador. E, obviamente, existem os raspadores automáticos, semi automáticos, grandes, pequenos… Tudo dependerá do seu orçamento para adquirir tal ferramenta.

Escolhido o produto, é hora de partir para a raspagem em si! Você deverá montar algum tipo de constância, a fim de garantir um resultado mais equilibrado. Ou seja, limite o espaço que irá raspar de cada vez, para não ter a sensação de que “nunca sai do lugar”.

Quando o raspador parecer que está mais “alisando” o chão, é hora de trocar a sua lâmina. E, como estamos trabalhando com um produto que possui lâmina, lembre-se de proteger-se com luvas específicas e prestar muita atenção, ok? Para garantir que não irá se machucar.

Assim que terminar de raspar todo o ambiente, é hora de passar a primeira demão do sinteco de fato.

Passo 2 – A primeira demão de sinteco

Terminando de raspar todo o assoalho ou piso do ambiente, é hora de aplicar o sinteco. No entanto, certifique-se que não faltou a raspagem em nenhum cantinho do cômodo, já que o acabamento poderia ficar comprometido caso isso acontecesse.

Verificado isto, é hora de aplicar a primeira camada fina de sinteco. Do mesmo modo que a raspagem, você deverá utilizar algum tipo de constância, garantindo que todos os cantinhos recebam o produto, de maneira uniforme.

Cuidado para não aplicar demais em um lugar, e menos em outro! Ok? É preciso muita atenção para não perder todo o seu trabalho.

Assim que aplicar a primeira demão em tudo, será necessário esperar pelo menos 24 horas para poder aplicar novamente.

Passo 3 – A segunda demão de sinteco

Do mesmo modo que você aplicou a primeira demão, deverá aplicar a segunda. Sempre se certificando de que está distribuindo uniformemente o produto. Afinal, esse é o grande segredo do acabamento perfeito! Sem esse cuidado você pode acabar exagerando em uma região, e negligenciando outra, deixando o aspecto de brilho irregular, o que poderá “destruir” a decoração.

Feita a aplicação da segunda demão, você precisará aguardar pelo menos 72 horas para poder arrastar os móveis, colocar peso em cima, etc. Além de que este é, normalmente, o tempo necessário para que o cheiro se dissipe no ambiente, a fim de não deixar que o mesmo acabe “impregnando” nos móveis.

Passo 4 – A manutenção

Pronto! O seu sinteco estará pronto e perfeito para ser usado. Porém, lembre-se de manter a manutenção, ok? Cuidando com um pano úmido, uma vez por semana, para garantir a limpeza e o brilho.

Além disso, a cada um ano, mais ou menos, faça a reaplicação de uma camada fina do sinteco, para manter intacto o seu aspecto de brilho. Assim você terá um piso de madeira sempre radiante e renovado.

Modelos de sinteco para te inspirar

Agora que você já sabe tudo sobre o sinteco, é hora de conhecer alguns modelos para te inspirar! Veja abaixo as opções e escolha a que mais combina com o seu ambiente:

Sinteco fosco

 

sinteco

(Foto: Pinterest)

 

Sinteco semi-brilho

 

sinteco

(Foto: Pinterest)

 

Sinteco brilhante

 

sinteco

(Foto: Pinterest)

 

Sinteco acetinado

 

sinteco

(Foto: Pinterest)

 

Add Comment