Cadeira de Escritório: Como Escolher o Modelo Ideal?

Saber como escolher o modelo ideal de cadeira de escritório é muito importante para que o conforto e a funcionalidade sejam garantidos. Afinal, só quem trabalha o dia todo em um escritório sabe o quanto a cadeira precisa, necessariamente, apresentar algumas características específicas. Caso contrário, o rendimento diminui, o calor pode ser excessivo, as dores nas costas podem aparecer, etc.

Para isso, portanto, é preciso pensar em diversos pontos antes de adquirirmos a nossa nova cadeira. E isso vale para qualquer cargo! Pois há quem pense que apenas cargos “altos” de uma empresa possuem o direito de receber um equipamento confortável e que seja uma ótima companhia durante o dia. Grande erro.

Se você, como patrão, quer promover um trabalho mais rentável e digno aos seus colaboradores, invista em uma opção que realmente traga bons resultados. Certamente em longo prazo você notará os efeitos positivos. E você, enquanto colaborador, exija uma opção que realmente seja condizente com o seu dia a dia.

Visto isso, vamos ao nosso artigo de hoje. Aprenda a seguir a como escolher o modelo ideal de cadeira para escritório:

 

Escolher a cadeira ideal requer o seguimento de alguns passos. Para que assim, garanta-se o conforto, a beleza e a praticidade no dia a dia.

 

Como escolher o modelo ideal de cadeira de escritório?

Como mencionamos, existem alguns pontos que precisam ser pensados antes de adquirirmos a nossa cadeira nova. Abaixo listamos os principais fragmentos que precisam ser levados em conta para que a compra seja a melhor possível. Acompanhe:

Perfil de quem vai usar a cadeira

O primeiro passo é pensar no perfil de quem vai utilizar a cadeira. E não, não estamos falando de cargo ou função da pessoa dentro da empresa. Bem, a função conta sim, mas não como um medidor de merecimento. Acontece que algumas pessoas passam mais tempo sentadas, enquanto outras intercalam com outros serviços.

Desse modo, é muito importante que você pense no perfil de quem irá utilizar esta nova cadeira. Se for uma pessoa que costumeiramente trabalha e caminha bastante ao longo do dia, poderá usufruir de opções mais simples, porém confortáveis, para este tipo de trabalho.

Porém, é claro que também poderá optar por cadeiras mais completas, que apresentam massageadores, por exemplo. Isso no caso de pessoas que passam horas e horas de maneira ininterruptas sentada. Mas, sabemos também que este tipo de material dificilmente poderá ser investido para uma grande escala de funcionários.

Portanto, a dica que damos é que seja pensado, profundamente, no perfil de quem vai usar a cadeira. E que tente unir a melhor opção possível para a realidade da pessoa. Afinal, você não quer ser o responsável pelo desconforto de alguém, certo?

As regulagens disponíveis

O segundo ponto que precisa ser pensado, e que está diretamente relacionado com o primeiro, é com relação às regulagens disponíveis para a sua cadeira. Como mencionamos, o conforto e a praticidade precisam ser levados em conta. No caso das regulagens, você precisa observar a possibilidade de inclinações, ajustes de altura, ajuste nos apoios de braço, etc.

Lembrando ainda que se na sua empresa você contratar pessoas com deficiência física, necessariamente terá que pensar em cadeiras que se adaptem perfeitamente a elas. Caso contrário, você poderá estar promovendo o adoecimento do seu colaborador. Portanto, pense bem nas regulagens que precisam ser feitas para todo e qualquer tipo de cadeira. Este ponto pode te salvar de problemas em longo prazo.

A disposição da ergonomia da cadeira

Unindo as regulagens disponíveis com a ergonomia, temos uma cadeira quase que perfeita para os nossos colaboradores. Acontece que a ergonomia diz respeito à possibilidade da cadeira ter um apoio para os braços e para a cabeça, por exemplo, além de outros fatores pertinentes.

Novamente enfatizamos a necessidade de se pensar nas pessoas que receberão a cadeira. Aquelas que trabalham digitando, o dia todo, sentadas, podem necessitar de uma cadeira com apoio para o braço. Aquelas que passam o dia atendendo telefonemas, podem ter melhores resultados com cadeiras que apresentem um encosto maior, que contemple um apoio para a cabeça.

Pensando nas características particulares de cada função desempenhada, podemos elaborar uma escolha mais consciente.

O acabamento e a qualidade do produto

Escolhido o modelo ideal de cadeira de escritório, você precisará pensar também na qualidade e no acabamento do produto em si. Você até pode ter encontrado a ergonomia e as regulagens perfeitas, partindo do perfil de quem irá utilizar o produto. Porém, o acabamento é de couro – e a pessoa que utilizará não tem ar condicionado na sala. Qual será o resultado? Um eterno desconforto, toda vez que o verão fizer parte da vida dessa pessoa.

Mas, para além do que irá revestir a sua cadeira, é preciso pensar também na qualidade deste material e do produto como um todo. Lembrando que, quase sempre, o barato sai mais caro. E por essa razão é crucial que seja pensado e pesquisado bem o tipo de produto que você está adquirindo.

 

O acabamento, além de qualidade de fato, precisa ser confortável. Pense na temperatura do ambiente, bem como na iluminação. Cadeiras brancas podem refletir a luz do sol, e tornar o dia a dia desconfortável.

 

Lembre-se ainda de optar, no caso de compras em grande escala, por um tipo de revestimento que seja fácil de limpar. Assim a manutenção da cadeira poderá ser feita de menos em menos tempo. Caso contrário, você poderá estar comprando mais trabalho para a equipe de limpeza.

Quanto você pode investir

Depois de pensar no produto perfeito para a finalidade que você deseja, temos que nos deparar com o inevitável: o investimento. Afinal, a gente sabe que todo mundo tem vontade de adquirir as melhores cadeiras do mundo para se trabalhar. Porém, nem sempre isso é possível. Principalmente quando este tipo de compra está sendo feita em grande escala.

Portanto, agora que você já pôde pensar nos modelos disponíveis que mais se enquadram na realidade das pessoas que vão utilizar as cadeiras, é hora de eliminar aquelas opções que ultrapassam o seu orçamento. Lembre-se também de sempre fazer uma boa pesquisa, em mais de uma loja, antes de comprar. Assim você pode economizar ainda mais e, quem sabe, adquirir as cadeiras perfeitas que você estipulou para todos.

A cor da sua cadeira

Por fim, com tudo planejado e muito bem estipulado, é hora de escolher a cor da cadeira de escritório. É claro que, de maneira geral, compras em grande escala para diversos setores de uma mesma empresa requerem uma cor mais padronizada e neutra, como o preto.

Porém, se a sua empresa é daquelas que promove a liberdade e adora criar ambientes mais contemporâneos, modernos e diferentes, outras cores podem ser pensadas. Mas, sempre lembrando na praticidade. Pois:

  1. A cor precisa combinar com o ambiente. Não dá para tornar a cadeira um elemento gritante dentro dos demais materiais que estão dispostos. Além disso, cores exageradamente chamativas podem cansar os olhos e causar dor de cabeça. E a sua ideia é promover o conforto, certo?
  2. Uma cor pode se sujar mais do que outra. Novamente, pensando na praticidade da manutenção do material, sabemos que uma cor pode muito bem sujar mais do que outras. Assim, se os seus colaboradores costumam tomar um cafezinho enquanto trabalham, talvez seja melhor você apostar em cores mais escuras. Caso contrário, poderá lidar com manchas que não saem mais das cadeiras, quebrando a beleza e a organização do ambiente. Além disso, as próprias impurezas do ambiente, como o pó, podem manchar cadeiras muito claras. E ainda: roupas novas também soltam pigmentos que podem danificar o material. Portanto, cuidado!
  3. A cor pode desbotar. Por fim, outro fator que pode impedir que você ouse muito na cor da sua cadeira: o desbotamento. Dependendo da pigmentação que você escolher, e se a cadeira pega sol ao longo do dia, pode ser que a mesma fique desbotada em algumas partes. Logo, o aspecto de beleza da mesma ficará comprometido.

Seguindo estes pontos, certamente você poderá escolher uma ótima cor que fique bonita, confortável aos olhos e de fácil manutenção. Lembre-se sempre da escala de compras: você pode ter cadeiras brancas sim, mas apenas se o seu escritório tiver três pessoas trabalhando. Mais que isso, a manutenção de limpeza poderá tomar muito tempo.

 

Considerando os fatores certos, certamente você adquirirá a melhor opção de cadeira de escritório para o seu ambiente de trabalho.

 

Boas compras!

Lembre-se de pesquisar bem os preços, para ter melhores resultados. Assim, certamente você comprará a cadeira ideal para cada escritório de sua empresa. Aposte nestas dicas!

Add Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.