Aço Carbono – O que é? Quais os tipos?

Você já ouviu falar do aço carbono? Pois bem, esta é uma excelente opção de material de liga metálica que oferece muita durabilidade e resistência. Basicamente, trata-se de um uma estrutura de aço “enriquecida” com carbono, o que torna o material ainda mais versátil entre diversos quesitos.

O aço carbono é conhecido por ter um excelente custo benefício, uma vez que as suas propriedades garantem um valor mais baixo, por um retorno muito interessante ao consumidor. Seja para construções ou projetos arquitetônicos diferenciados, este material pode ser muito bem explorado.

Para te ajudar a entender mais sobre o assunto, acompanhe o texto!

 

aço carbono

Aço carbono – o que é?

O aço carbono é uma liga metálica. Ela é amplamente utilizada para a construção civil e para projetos de acabamento de decoração de interiores e exteriores. Com a presença de 0,008% até 2,11% de carbono, as ligas podem ser consideradas as melhores opções caso você esteja procurando por custo benefício.

No entanto, é preciso tomar cuidado para não errar. Por mais que o aço carbono possa ser amplamente útil em uma série de superfícies e projetos, é fundamental que você saiba o que está fazendo.

A composição fosca do material acaba facilitando os acabamentos e, muitas vezes, a própria textura do aço carbono serve como decoração. Mas como saber quais os melhores e como se comportam? Veja os três tipos abaixo.

Quais os tipos de aço carbono?

Escolher materiais de baixo custo para construção pode ser uma boa ideia em algumas ocasiões. Afinal, economizar é sempre bom. E o aço carbono pode facilmente entrar nesta lista. Afinal, a composição dele permite que você tenha qualidade e, ao mesmo tempo, flexibilidade e bom preço.

Existem três tipos diferentes do produto no mercado. Basicamente, eles são divididos entre mais e menos carbono na composição do aço. Veja abaixo.

 

aço carbono

Baixo carbono

Este tipo possui até 0,30% de carbono em sua composição. Logo, sua resistência também é mais baixa. Porém, ele garante muita flexibilidade nos casos de usinagem e solda. Você poderá trabalhar com ele de forma eficiente e sem se preocupar em investir em equipamentos caros para modelá-lo. Ele não possui tratamento térmico.

Médio carbono

Este tipo parte de 0,30% e pode chegar até 0,60% de carbono na composição. De forma geral, tem mais resistência que o modelo anterior e possui tratamento térmico. Este é um tipo muito comum do aço. Porém, ele possui menos flexibilidade com relação a solda e usinagem se comparado ao modelo de baixo carbono.

Alto carbono

Já o alto carbono possui uma resistência muito maior e não desgasta com o tempo. Além de ser muito mais duro. E, por este motivo, a ductilidade dele acaba ficando “para trás” se comparado com os modelos médio e baixo. Porém, isto não é problema, uma vez que cada tipo apresenta um benefício exclusivo.

Vantagens do aço carbono

Há inúmeras vantagens em utilizar o aço carbono. Conforme você entendeu anteriormente, há três tipos do material que podem ser utilizados. Porém, ainda assim podem haver dúvidas com relação a usabilidade dele. Cada modelo pode ser específico para uma função e, desta forma, escolher nem sempre é simples.

Por isso, recomendamos que você sempre escolha um engenheiro capacitado para opinar com relação a isso. Porém, é possível identificar, em linhas gerais, os benefícios e vantagens do produto. Veja abaixo:

 

aço carbono

Custo/benefício

O custo benefício é talvez o principal atributo deste tipo de aço. Afinal, você pagará pouco para ter um produto de excelente qualidade. É claro que ele não é perfeito. Ou seja, a usabilidade dele pode ser limitada dependendo do seu tipo de projeto. Porém, isto nem sempre é um problema, uma vez que é possível mesclar o uso dele com materiais mais apropriados.

Por isso, sempre que você tiver que fazer um orçamento para construção, lembre-se que você poderá unir o útil ao agradável. Ou seja, em determinados locais usar um material mais resistente e recomendável e, em outro, um material de melhor custo benefício. Assim os preços ficam otimizados e você terá uma ótima estrutura.

Aplicações diferenciadas e versatilidade

O aço carbono pode ser usado entre várias estruturas e projetos diferentes. Desde portões, até como matéria prima para usinagem de outras peças. Por isso, ele pode sim ser uma excelente alternativa para quem busca versatilidade e praticidade. Mas é claro, sempre com supervisão de um profissional. Afinal, este tipo de material geralmente será usado em estruturas vitais de uma construção. E todo cuidado é pouco.

Resistência

A resistência também um ótimo atributo deste tipo de material. Afinal, eles são extremamente versáteis para uma série de funções. Logo, a resistência precisa estar acompanhada, não é mesmo? O carbono pode proporcionar a leveza da estrutura, o que é ótimo para investir até mesmo em materiais diferenciados.

Fácil de soldar

Os tipos de aço de carbono médio e baixo são excelentes para a solda, pois possuem uma liga mais leve. E isto impacta diretamente nos custos da obra de uma forma geral, uma vez que você precisará investir menos recursos e mão de obra para algumas situações. Por exemplo, um aço que pode ser mais fácil de soldar, levará menos tempo para ficar pronto. Logo, você economizará na mão de obra.

E isto, ao fim de uma obra, pode significar uma grande diferença. Afinal, você sabe que o custo da mão de obra é disparado um dos maiores valores da construção de uma casa. Por isso, otimizar, pesquisar e escolher as melhores opções é importante!

Fotos: Freepik e Pinterest.

Add Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.