Projeto Hidráulico de Construções: O que levar em consideração

Indispensável para a construção ou reforma de imóveis, o projeto hidráulico bem elaborado e executado corretamente ajuda a evitar uma série de problemas, que podem trazer grandes dores de cabeça para o proprietário.

Projeto Hidráulico de Construções
Projeto Hidráulico de Construções: O que levar em consideração (Foto: Pixabay)

Projeto Hidráulico de Construções

É por meio dele que se prevê, por exemplo, todas as especificações da canalização (tamanho, lugares por onde os canos passam, etc), trazendo as dimensões necessárias ao sistema hidráulico, com todas as informações necessárias para quem vai executar a obra.

Mas para elaborar um projeto hidráulico de construções, corretamente, é preciso levar em consideração alguns fatores bastante importantes, sobre os quais vamos comentar a seguir.

A pressão da água da rua

Uma das primeiras preocupações do profissional que vai desenvolver a instalação hidráulica é saber a pressão da água que vem da rua. Quando ela é baixa, encher a caixa d’água torna-se uma tarefa mais demorada. Além disso, o funcionamento do chuveiro e das lavadoras de roupa e louça fica comprometido.

Por outro lado, se a pressão da água for alta demais, será necessário investir em tubulações mais largas e resistentes, além de dedicar maior atenção às emendas e vedações.

O projeto deve prever a instalação de dispositivos que controlem esses extremos de pressão da água.

Compatibilidade com os demais projetos

Hoje em dia, é cada vez mais comum a integração de todas as etapas de uma construção, melhorando o desempenho da edificação como um todo. Dessa forma, fica fácil localizar os dutos condutores de água, eletricidade, gás, telefone, etc.

Projeto Hidráulico de Construções
A planta hidráulica é indispensável em qualquer obra (Foto: Pixabay)

Com a integração dos projetos hidráulicos e elétricos, entre outros, é possível evitar problemas como a perfuração de canos e o rompimento de eletrodutos, por exemplo. Ela também ajuda a descobrir quais cômodos ficarão a seco ou no escuro em casos de consertos ou reformas demoradas.

O tipo de tubulação

Como o projeto inclui a medição da pressão da água, ele possibilita indicar o tipo de tubulação mais adequado para aquele imóvel. O ideal é usar tubos e conexões do mesmo fabricante em toda a construção.

Outros cuidados com a tubulação são evitar trechos longos demais ou ramais em excesso e escolher o material conforme o tipo de uso: canos de PVC para conduzir água fria e canos de cobre ou ferro galvanizado para água quente.

A prevenção de infiltrações

Por meio do projeto de instalações hidráulicas, é possível localizar as áreas que terão ralos (banheiros, cozinha, área de serviço, etc). Nesses lugares, o piso precisa apresentar uma leve inclinação, para facilitar o escoamento da água.

Tomando esse cuidado, você evita o acúmulo de água nos cantos de paredes e pisos, diminuindo os riscos de infiltrações.

A economia

Um projeto bem feito contribui decisivamente para a economia do proprietário, ao evitar o desperdício de materiais e sugerir a utilização das peças adequadas para cada caso, como os tipos de descargas, torneiras e outros elementos de boa qualidade.

A médio e longo prazo, a planta hidráulica também possibilita uma maior economia, ao trazer todas as orientações para as futuras manutenções.

Projeto Hidráulico de Construções
Uma planta hidráulica bem elaborada garante segurança e conforto ao proprietário (Foto: Pixabay)

Conforto e segurança

O projeto deve ter, entre os objetivos, promover conforto e segurança para quem utiliza o imóvel, ao indicar, por exemplo, a instalação de um registro em cada lugar onde houver acesso à água.

Em uma hipótese de problema no encanamento da cozinha, basta fechar o registro dessa área para efetuar o conserto. Assim, não é necessário interromper o abastecimento de água em toda a residência.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *