Financiamento de Imóveis Rurais: Passo a Passo

Muitas pessoas tem o desejo de ter um imóvel financiado em uma área rural, mas nem sempre sabem como recorrer a um financiamento, qual o passo a passo que deve ser seguido. Por esse motivo, trouxemos algumas informações sobre o financiamento de imóveis rurais e como isso acontece, através do Programa Nacional de Crédito Fundiário da Caixa Econômica Federal.

Financiamento 2

Financiamento de Imóveis Rurais: O que é o programa

Trata-se de um programa que é realizado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário e também em parceria com a Secretaria de Reordenamento Agrário. É uma oportunidade para que trabalhadores rurais que tenham pouca ou nenhuma terra, possam comprar um imóvel rural. Além de comprar o local onde irá morar, o proprietário também poderá construir sua casa nesse local, preparar o solo para plantar, entre outros e também terá acompanhamento técnico. O financiamento desse imóvel, dessa terra, poderá ser tanto individual como coletivo.

O requisito para adquirir esse financiamento é simples, podem participar desse programa os trabalhadores rurais que não tem terra, proprietários com terras inferiores ao modulo rural, pequenos produtores. Porém todos eles devem ter pelo menos cinco anos de experiência rural nos últimos quinze anos que se passaram.

Financiamento 3

Ficarão de fora desse programa:


  • Funcionários públicos, funcionários públicos aposentados, detentores de cargo eletivo ou função pública;
  • Proprietários de área rural superior à propriedade familiar;
  • Pessoas que já foram beneficiadas por qualquer outro programa de reforma agrária ou de crédito fundiário, inclusive o Banco da Terra e o Cédula da Terra;
  • Trabalhadores com renda e patrimônio familiar superiores aos limites fixados para cada linha de financiamento.
  • Seja promitente comprador ou possuidor de direito de ação e herança em imóvel rural.

Como funciona

É preciso que o trabalhador rural esteja enquadrado dentro dos requisitos e procurar primeiro um Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais ou da Agricultura Familiar do seu município ou então entrar em contato com a UTE. Esse passo é para solicitar o financiamento. O futuro proprietário deverá levar os seguintes documentos: RG; CPF; Comprovante de residência e Comprovante de votação da última eleição. Caso o solicitante seja casado, terá que apresentar também os documentos do cônjuge.

Financiamento

Tipos de financiamento

Há dois tipos de financiamento sendo eles: Consolidação da Agricultura Familiar (CAF) e Combate à Pobreza Rural (CPR).

A Consolidação da Agricultura Familiar (CAF) é para oportunizar quem já tem uma área, uma terra e pretende aumentar ainda mais o seu espaço. Para esse programa é preciso ter uma renda familiar anual de até 15 mil reais e um patrimônio inferior a 30 mil reais.

O Combate à Pobreza Rural (CPR) é para quem tem uma renda menor e não tem nenhum pedaço de terra e nem um imóvel. Para esse programa é preciso ser um Agricultor com renda familiar anual de até 9 mil reais e um Patrimônio inferior a 15 mil reais.

Para mais informações, acesse o site da Caixa: http://www1.caixa.gov.br/gov/gov_social/municipal/programas_habitacao/cred_fundiario/saiba_mais.asp.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *