15 dicas para financiar uma casa

Muitas pessoas desejam sair do aluguel e conseguir financiar uma casa própria, mas nem sempre conseguem informações sobre como financiar. Por isso selecionamos logo abaixo 15 dicas para financiar uma casa. Essas informações com certeza ajudarão a quem está pensando em comprar uma casa, afinal morar de aluguel é um investimento perdido, um dinheiro gasto com algo que não terá retorno. Saiba mais sobre o financiamento logo abaixo.

15 dicas para financiar uma casa

15 dicas de financiamento de uma casa

Dica 1: Para quem deseja comprar uma casa, mas ainda não sabe qual imóvel adquirir, poderá ir até o banco e solicitar uma Carta de Crédito que funciona da seguinte maneira: Você solicita o valor que deseja para pagar no imóvel em sua carta de crédito e a mesma tem validade de três meses. Dessa forma, se o seu pedido for aprovado, você terá três meses para comprar sua casa e usar seus créditos.

Dica 2: Antes de fechar qualquer negócio a respeito de um imóvel, confira todas as condições de financiamento que o banco oferece, tais como taxas de juros, valor da entrada e todos os possíveis gastos que terá que arcar, além daqueles que são especificados.

Dica 3: Se houver a possibilidade de financiar uma casa através de parcelas decrescente, é o que mais compensa para o novo proprietário. Normalmente os financiamentos são ofertados com parcelas decrescentes.

Dica financiamento

Dica 4: Geralmente o banco costuma proporcionar taxas de juros de financiamento diferente para quem é cliente e para quem ainda não é cliente. Por isso muitas vezes compensa mais abrir uma conta corrente no banco em que deseja solicitar o financiamento para aproveitar a redução das taxas de juros.

Dica 5: Nem sempre dá para comprar um imóvel usando o FGTS para dar entrada. O FGTS só pode ser usado em compras de imóveis com o preço menor de 500 mil reais. Há outras restrições que podem ser conferidas de acordo com o banco em que irá realizar o financiamento.


Dica 6: Geralmente quem está pensando em financiar uma casa quase sempre procura pela Caixa Econômica Federal, porém outros bancos também estão realizando o financiamento imobiliário, podendo até mesmo ofertar taxas menores e melhores condições de financiamento. O Banco do Brasil é um dos bancos que oferta financiamento imobiliário e portanto, antes de contratar um banco, faça um orçamento primeiro e compare as opções de financiamento.

Dica 7: Fazer um financiamento de imóvel por intermédio de uma imobiliária, poderá ser mais fácil de conseguir a aprovação, porém as taxas quase sempre são maiores do que o financiamento realizado somente pelo banco. Nunca feche a compra na primeira proposta, sempre busque por novas opções e escolha a mais em conta.

Dica 8: Alguns bancos costumam usar alguns artificios para confundir os clientes e fazê-los fechar um negócio sem saber realmente o que estão solicitando. Por isso esteja a par de tudo sobre o seu financiamento, pergunte sobre os adicionais, sobre as taxas, leia o seu contrato detalhadamente.

Dica 9: Algo que precisa saber é que normalmente as taxas de juros podem variar de 30% a 32%.

Dicas de financiamento

Dica 10: O aporte inicial pode ser mais elevado em alguns bancos e outros podem oferecer uma taxa menor, por isso a importância de se pesquisar e realizar o orçamento.

Dica 11: O valor da primeira prestação pode enganar o comprador, pois no ato da simulação pode ser um valor e quando o comprador for realmente fazer o contrato da casa, o valor pode subir um pouco, já que outras taxas de financiamento podem ser inclusos.

Dica 12: Quando o financiamento for contratado, outros financiamentos já feitos pelo proprietário serão avaliados, como por exemplo financiamentos de carro, entre outros. O seu financiamento da casa poderá ser prejudicada por isso, mas é preciso ver com o banco.

Dica 13: Outros valores de impostos e taxas de crédito poderão ser incluidos nesse financiamento, por isso é preciso prever esses gastos para não ser surpreendido.

Dica 14: Você poderá escolher o financimento por um prazo mais longo, sendo de 25 a 30 anos. Geralmente os bancos oferecem essa possibilidade de escolha.

Dica 15: Alguns bancos oferecem a migração de um banco para o outro com a possibilidade de reduzir os juros de financiamento.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *